Página Inicial

LIVRARIA LANÇA CONCURSO E MELHORES FOTOS CONCORREM A PRÊMIOS

Você é a Cara da Cultura? O novo concurso cultural da Livraria Cultura,pioneira no e-commerce de livros no país, avalia as melhores fotos no estilo Sleeveface –  aquelas em que partes do corpo da pessoa fotografada são substituídas criativamente pela imagem da capa de um disco, filme ou livro. A diversão é garantida para todos e as melhores fotos concorrem a vales-compra de até R$ 300,00.

Nas redes sociais, a campanha incentiva a pessoas a publicação das sleevefaces com a hashtag #souacaradacultura. “Nosso objetivo é difundir o conhecimento a respeito de produtos culturais de maneira descontraída e alinhada com a linguagem dinâmica do universo digital”, explica Thiago Machado Oliveira, gerente de marketing e e-commerce da Livraria Cultura.

Para participar, basta fazer uma foto substituindo uma parte do seu corpo pela capa de um disco, filme ou livro, acessar a página da campanha www.livrariacultura.com.br/cara-da-cultura e fazer upload da foto. O período de participação termina no dia 26/06 e os vencedores serão anunciados até o dia 01/07.

Sobre a Livraria Cultura 

A Livraria Cultura é pioneira no e-commerce de livros no Brasil. Aos 70 anos, conta com 1,3 mil colaboradores e 17 unidades localizadas em São Paulo, Brasília, Recife, Rio de Janeiro, Campinas, Porto Alegre, Fortaleza, Salvador, Curitiba e Ribeirão Preto, além de uma loja Geek.Etc.Br – voltada ao universo geek e nerd – em São Paulo. Disponibiliza seis unidades do Teatro Eva Herz, que levam o nome da fundadora da empresa, auditórios e cafés, oferecendo uma programação cultural com produções teatrais, debates e shows. Em 2016, realizou 1.600 eventos gratuitos. Mensalmente, a Livraria Cultura publica a Revista da Cultura, também distribuída gratuitamente. No YouTube, o Canal da Cultura com 9 mil seguidores traz o programa semanal de entrevistas Sala de Visitas e o Cultura Indica. Possui um catálogo com cerca de 10 milhões de títulos, sendo7 milhões em livros e 2 milhões de e-books e mais de 200 mil títulos em brinquedos, filmes, músicas, games, além de obras de arte e cursos exclusivos. Para mais informações, visite www.livrariacultura.com.br.

Workshop Sagrado Teatro – O resgate da criança esquecida, acontece nesse sábado no Espaço Clariom

Workshop voltado para não atores propõe utilizar jogos teatrais como forma de autoconhecimento e reconexão com o adulto brincante.

Nesse sábado, dia 20 de maio acontece o Workshop “Sagrado Teatro – o resgate da criança esquecida”, no Espaço Clariom em São Paulo.

Realizado dentro do projeto “Sagrado Teatro” da Cia. Rabo de Asno, o workshop tem como público alvo pessoas que desejem utilizar o teatro como ferramenta de autoconhecimento, desinibição e forma de reencontra a própria leveza, ainda que necessariamente não queiram se tornar atores.
“O teatro sem dúvida é uma ferramenta de cura. Nos cura no sentido de nos libertar de travas, medos, julgamentos e nos permitir brincar, ser quem é, livre das amarras sociais que nos impomos dia a dia. Sendo atriz e estudiosa do xamanismo, unindo essas duas artes, cheguei ao projeto “Sagrado Teatro”, que vem com esse objetivo de nos reconectar, através de técnicas e jogos teatrais e canções e vivência aprendidas no xamanismo, ao nosso verdadeiro eu”, diz Rita Brafer, idealizadora do projeto e facilitadora do Workshop.
É projeto “Sagrado Teatro” faz parte do retorno da Cia. Rabo de Asno a suas atividades e é dividido em 3 módulos:”O resgate da criança esquecida”, que acontece no dia 20/05, “A criança Curada acolhendo o adulto ferido”, no dia 10/06 e o “O adulto brincador” no dia 12/08.
Nessa primeira vivência, “O resgate da criança esquecida”, o foco é o despertar da criança interior. Voltar a olhar pra si mesmo de forma mais brincalhona, rir de si mesmo, relembrar antigos jogos e brincadeiras. É um momento para relembrar que nossa criança interior vive em nós e que merecemos estar com ela!
Qualquer pessoa pode participar, não necessariamente precisa querer ser ator. Mas vai sim proporcionar uma primeira experiência no teatro para quem nunca fez e tem curiosidade.
O workshop “Sagrado Teatro – O resgate da criança esquecida” acontece no dia 20/05, das 10h às 14h. Informações e inscrições pelos email ciarabodeasno@gmail.com ou pelo telefone (11) 2309-7445. As vagas são limitadas e as inscrições estão abertas.
Serviço:
Workshop: “Sagrado Teatro – o resgate da criança esquecida”
Quando: 20 de Maio – das 10h às 14h
Local: Espaço Clariom – Rua Mariz e Barros, 343, Jardim da Glória – São Paulo/SP
Investimento: R$ 80,00
Informações e inscrições:
(11) 2309-7445 ou pelo email ciarabodeasno@gmail.com

“A Casa de Todos Os Santos” se apresenta em Carapicuíba.

Com Texto e Direção de Kako Soares o espetáculo foi eleito Melhor Espetáculo LGBT de 2016 pelo site Guia Gay SP. A peça fala sobre complexo de Édipo, Roleta Russa do HIV e ‘desejos reprimidos’ e pode ser vista em Carapicuíba nos sábados, 20 e 27 de Maio, às 21h com ingressos à R$ 15.

Você não precisa acreditar em Santos, mas certamente eles acreditam em você. Todas as suas escolhas sempre serão regidas por eles, seja para o bem ou para o mal. É com esse olhar que a premiada peça “A Casa de Todos os Santos” conta três histórias de sobre o tema ‘Escolhas’.
Na peça, Os ‘Crentes’ e ‘Desacreditados’, de diferentes religiões, lutam para defender ou escapar de suas escolhas, sem saber que o destino não se abala diante de súplicas. Seus destinos se cruzam na ‘Casa de Todos os Santos’.
É com esse enredo que a Cia Os Hypócritas pretende chamar a atenção do público. O espetáculo sobe ao palco no espaço alternativo de artes na cidade de Carapicuíba, o Galpão Garra Artes.  A peça é um drama, tem classificação etária de 18 anos e duração de 60 minutos. Os ingressos custam R$ 15.
A Casa de todos os Santos
Texto e Direção: Kako Soares | Assistente de Direção: Chris Ferreira | Cenografia e Figurino: Diana Leticia | Elenco: Felipe Cantoni, Anderson Garcia, Gleidson Felipe, Babi Rosa, Bi Monteiro, Renata Fernandes, Pedro Fagundez, Renato Roriz, Vinicius Andrade, Edgar Luna, Matheus Sales, Andressa Kemelly
20/05 e 27/05 ás 21h | Galpão Garra Artes | Travessa Virginio Pasine, 32 | Jardim São Pedro | Carapicuiba | Próximo da estação de trem da CPTM. | R$ 15

Nós de Óz completa quatro anos

O Coletivo Cultural da cidade de Osasco Nós de Óz comemora nesse domingo, 07 quatro anos de existência. Os organizadores prometem uma grande festa para celebração da data. “Já são 4 anos de luta.Vamos ocupar a rua pelo direito de festa e de luta”.

Os integrantes do coletivo prometem uma programação de aniversário bem diversificada e alegre e convidam: “Venha você, venha com amigos, venha com a parceira ou o parceiro, venha com a família! Será uma tarde deliciosa e muito cultural”

A programação tem inicio às 14h e término previsto para às 22h. Confira as atrações:

14H00 – Grupo Nossa Origem (SAMBA)
14H30 – Republica de Palmares (CAPOEIRA)
15H10 – Samuel Batista (MPB)
16H00 – Rosas Cyganas (DANÇA)
16H20 – Bagdá Café (RAP)
17H00 – Katie Carnicelli e Dani Gonçalves (DANÇA)
17H10 – Café com Leite (MUSICA)
17H40 – Pé Vermêio (SAMBA RURAL PAULISTA)
18H – A Fulana – Grupo Lira dos Autos (TEATRO DE RUA)
19H00 – Pirateria – Bateria dos Estudantes da Unifesp
19H20 – Duo Libertad (MUSICA LATINOAMERICANA)
20H00 – Blues Shot (MUSICA BLUES)

Segundo a organização da festa todas as atraç~eos serão gratuitas. Além das apresentações musicais a festa ainda terá barracas com comidas e artesanatos, lojinha do brechó Nós de Óz.

Nos de Oz | Rua Tenente Avelar Píres de Azevedo, 331 |Centro |Osasco| Grátis.

A nova cara da Biblioteca Pública Monteiro Lobato

007 - Biblioteca Monteiro Lobato

Ricardo Miranda assumiu a poucos dias a Gestão da Biblioteca Pública Monteiro Lobato. O Gestor Cultural quer dar uma nova cara para o espaço, iniciando pela gestão de pessoas.

Ainda sem recursos da Secretaria de Cultura para deixar o prédio novo com reformas estruturais e pinturas, o novo gestor da Biblioteca Pública Monteiro Lobato, Ricardo Miranda, iniciou um trabalho de reestruturação administrativa, começando pela gestão de pessoas.

Segundo ele, é preciso entender cada funcionário, saber como eles executam suas funções, a importância de cada um e assim, adequar os trabalhos para que isso reflita no bom atendimento ao usuário.

Outro olhar que preocupa Ricardo é a baixa frequência de usuários no prédio público. Junto com as Bibliotecárias e a equipe, Miranda tem buscado alternativas para aumentar o fluxo de alunos na Biblioteca e até estuda possibilidades de parcerias com a iniciativa privada, de onde ele veio e acumula experiencias.

O mundo da literatura e da cultura para o Gestor ainda é novo, mas segundo Ricardo, o que não vai faltar é o esforço e dedicação para que a Biblioteca Pública Monteiro Lobato volte a ser grande como já foi um dia.

Saiba mais obre a Biblioteca.

A Biblioteca Pública Monteiro Lobato (BPML) foi criada por meio da lei 162, de 20/09/1963, um ano após a emancipação da cidade de Osasco, que teve como primeiro prefeito o Sr. Hirant Sanazar.  Após sua criação a BPML foi instalada em abril de 1965 num antigo prédio localizado à rua Antonio Agú. Em outubro do mesmo ano a biblioteca foi transferida para um prédio mais amplo, localizado à rua Primitiva Vianco, porém,  com a mudança da prefeitura para o Paço Municipal, a biblioteca passou a ocupar o antigo prédio da municipalidade, à Avenida dos Autonomistas. Em janeiro de 1972, instalou-se à rua Pedro Fioretti. Em 1978 foi transferida para à rua Salem Bechara, no Bairro do Bela Vista. Em 1982, uma nova mudança foi realizada para à rua Dimitri Sensaud de Lavaud, onde atualmente está instalado o Espaço Cultural Grande Otelo. No ano seguinte a biblioteca foi transferida para prédio na rua Dr. Mariano J.M. Ferraz onde ficou até 1996, quando finalmente em 28 de dezembro deste mesmo ano inaugurou prédio próprio localizado na avenida Marechal Rondon, 260, na região central de Osasco (veja mapa), durante a administração do prefeito Dr. Celso Giglio, o qual em setembro de 2002 também inaugurou mais duas bibliotecas ramais: Biblioteca Manoel Fiorita, localizada na Av. Getúlio Vargas, 1634, Helena Maria – Zona Norte e a Biblioteca Heitor Sinegaglia, localizada na Praça Sabamta, 98, Olaria do Nino – Zona Sul. Na gestão do prefeito Emídio de Souza, inaugurou-se em 09/04/2008, a Banca Biblioteca Rochdale, no Parque Ecológico do Rochdale.

Conheça os serviços e setores da biblioteca:

  • Circulante – empréstimo de romances, poesias, peças teatrais etc
  • Extensão cultural – atividades culturais, nos espaços internos e externos da biblioteca
  • Hemeroteca – acervo de boletins, folhetos, jornais, panfletos, revistas etc
  • Infanto-juvenil – consulta e ou empréstimo acervo de livros, revistas, gibis e jogos educativos
  • Multimídia – acesso à Internet [de segunda a sexta-feira das 9h às 12h e das 13h às 19h30; aos Sábados das 9h15 às 12h e das 13h às 16h45]
  • Pesquisa – apoia a consulta local de livros de referência (enciclopédias, dicionários, atlas); livros didáticos e outros materiais

Gostaria de emprestar algum livro para ler em casa?

Para emprestar alguma obra é necessário ser sócio da biblioteca, residir em Osasco e aceitar os regulamentos propostos pela BPML.

Ficar sócio é facil e rápido, precisa apenas: uma foto recente 3×4 ou 2×2, comprovante de residência recente (até 3 meses) e RG. *A inscrição de quem tem menos de 16 anos (mas já é um grande leitor) precisa ser feita pelo responsável adulto.

Você pode levar até 2 obras, com títulos diferentes, e ficar com eles por 15 dias.

Fique atento à Programação Cultural da Biblioteca! Visitas monitoradas para escolas e grupos com hora do conto, círculos de cultura, exposições, cursos e palestras, pesquisas direcionadas e oficinas culturais. | + informações ou dúvidas, fale com a Bibliotecária: 3681-9135 | e-mail: bibliotecacentral@osasco.sp.gov.br

Cineastas e documentaristas selecionados no Programa de Fomento ao Cinema Paulista 2016 são anunciados

Cinco longas-metragens e dois documentários foram contemplados com recursos de R$ 4,5 milhões

O Governo do Estado de São Paulo anuncia o resultado final do Programa de Fomento ao Cinema Paulista de 2016, coordenado pela Secretaria da Cultura do Estado. Foram selecionados cinco longas-metragens e dois documentários que terão investimento total de R$ 4,5 milhões, com recursos vindos das empresas estatais do Estado de São Paulo via Lei do Audiovisual. Os longas-metragens contemplados são: Agreste, de Sérgio Roizemblit; Viagem ao Centro da Terra, de Guilherme de Almeida Prado; Adeus ao comandante, de Sérgio Machado; Prisioneiro da Liberdade, de Jeferson De; e O Caso Morel, de Susana Amaral. Os documentários selecionados são Fotogração, de Lauro Escorel, e A Ponte de Bambu (Brasil-China), de Marcelo Machado.

 

 

 

Hoje é dia de Stand Up em Oz

Todas as quintas-feiras  Gustavo Luson e Leandro Divera comandam um show irreverente de Stand Up na cidade, sempre com novas atrações.

Para quem gosta de se divertir rindo muito, uma das dicas em Osasco é o Stand Up em Oz. O mais novo show de stand up no centro da cidade é apresentado todas as quinta-feiras com a ideia de sempre trazer grandes nomes do cenário nacional, além das das revelações. No comando do show estão Gustavo Luson e Leandro Divera.

Hoje, quinta-feira, dia 04, quem subirá ao palco são os humoristas Amauri Silva, Igor Guimarães, Ane Freitas e Gabriel Lacerda. O Show começa as 21h e a entrada custa R$ 10|Rua General Bitencourt, 487 | Centro | Osasco.

NÃO SOU GORDO, SÃO SEUS OLHOS!

A comédia que já fez multidões rir pelo Brasil chega ao palco do Teatro Municipal de Osasco no sábado, 06.

O ator Hermes Carpes promete muita risada com a comédia Não Sou Gordo, São Seus Olhos. O espetáculo sobe ao palco no sábado, 06, a partir das 20h. Os ingressos custam R$ 40, mas quem comprar antecipado ou doar um quilo de alimento para o Fundo Social de Solidariedade pagará somente R$ 20.

Teatro Municipal de Osasco | Avenida dos Autonomistas, 1533 | Campesina | Osasco.

SESI apresenta cinema gratuito com pipoca

O SESI OSASCO APRESENTA HOJE DIA 04 O CINE PIPOCA. A VIDA EM ISRAEL É A PRÓXIMA MOSTRA DO CINE SESI-SP NO MUNDO QUE FICA EM CARTAZ ATÉ O DIA 22 DE JUNHO.

O Filme A Banda vai ser mostrado hoje, dia 04 de maio no SESI do Jardim Piratininga em Osasco às 19h30. A classificação é livre e a entrada é gratuita. Haverá ainda distribução de gratuita de pipoca para os primeiros 20 participantes.

O premiadíssimo A Banda e outros sete filmes, também reconhecidos internacionalmente e em importantes festivais, estarão em cartaz no SESI Osasco, entre os dias 1º de maio e 22 de junho. A entrada é gratuita.

Os ingressos podem ser reservados pela internet na página www.sesisp.org.br/meu-sesi ou retirados no dia da atividade com uma hora de antecedência.  Para quem realizar as reservas, as mesmas serão liberadas para as atividades que acontecem na mesma semana a partir de segunda, às 12h, até quarta, às 17h na secretaria nica.

Informações: (11) 3602-6200 ou suosasco@sesisp.org.br

Com curadoria do SESI-SP, os filmes escolhidos datam da primeira década do século XXI, período que o cinema israelense ganhou maior relevância no mundo, conquistando prêmios em importantes festivais.

Estão presentes na mostra nomes como Eytan Fox e Eran Riklis, que ganharam destaque ao dirigirem produções que entraram no circuito comercial brasileiro. Como eles, os demais cineastas da mesma época, preferiram simplesmente tratar sobre o dia a dia, em vez de escancarar as questões políticas e religiosas de sua terra.O filme mais premiado de Israel, A Banda, de 2007, do diretor Eran Korilin, somou mais de 70 indicações e 46 conquistas, entre elas o Prêmio da Juventude no Festival de Cannes, poderá ser conferido pelo público da mostra.  Livre para todos os públicos, a comédia apresenta a convivência amistosa entre um conjunto musical egípcio e um povoado israelense, apesar da cicatriz entre os povos, consequente de suas rivalidades históricas e ainda latentes.

A Missão do Gerente de Recursos Humanos, de 2010, de Eran Riklis, traz a violência como pontapé inicial da história, tratada num contexto tragicômico, pela figura de um gerente de RH da maior panificadora de Jerusalém, que é obrigado a ter uma postura realmente mais humana, depois de ser criticado por suas reações insensíveis.

Outro aspecto da realidade local, o serviço militar obrigatório para homens e mulheres (praticamente todos os jovens israelenses são levados para linhas de defesa), é retratado no filme Delicada Relação, de 2002, do diretor Eytan Fox, tendo como verdadeiro foco o romance entre dois soldados.

Dias Congelados é mais um exemplo. O filme de 2005, dirigido por Danny Lerner, aborda um atentado a bomba, no contexto de uma jovem solitária de Tel Aviv, que após o encontro com uma das vítimas começa a questionar a própria realidade.

———————————————-

Sobre o cinema israelense

Israel é um dos poucos países desenvolvidos cuja fundação é posterior à disseminação da arte cinematográfica pelo mundo. Da década de 1950, suas primeiras produções são filmes heroicos e patrióticos, produzidos com incentivo do Estado. O primeiro filme israelense a ter sucesso internacional data de 1964, Sallah Shabati foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Os filmes de 1970 foram os primeiros a trazer questões políticas e históricas, com assuntos como o Holocausto. Em 1980, diretores e atores israelenses começam a aparecer e a língua nacional, hebraica, passa a ser utilizada.

Já nos anos de 1990, os filmes privilegiaram o humano, os tabus e temas da vida cotidiana, arraigados de valores e questões religiosas e sociais. Dispensando a figura maniqueísta de heróis e vilões, os filmes buscaram registrar as minorias e aqueles que estavam à margem e conquistaram maior interesse internacional.

Dessa forma, o cinema israelense passa a receber atenção dos coprodutores internacionais, maior investimento do governo e as TVs locais começaram a participar da produção cinematográfica.

Nos anos 2000, o que mudou foi a forma do audiovisual abarcar os conflitos que permeiam a vida cotidiana. Os filmes mantiveram a característica de retratar a realidade do país, mas de maneira não panfletária, sem assumir lados e opiniões e sem fugir dos temas polêmicos, mas deixando-os nas entrelinhas, para conclusão e reflexão do público.

O resultado do trabalho autoral dos anos 1990 e o desenvolvimento técnico que conferiram melhor qualidade à produção cinematográfica israelense nos anos 2000 é o que chega ao público da mostra: produções premiadas internacionalmente, com diversidade de temas e maturidade artística.

Programação SESI Osasco

Cine SESI-SP no Mundo: A Vida em Israel

A Banda 4 de maio, quinta, às 19h30
As Aparências Enganam 11 de maio, quinta, às 19h30
A Enchente 18 de maio, quinta, às 19h30
Aviva, Meu Amor 25 de maio, quinta, às 19h30
Dias Congelados 1º de junho, quinta, às 19h30
As Medusas 8 de junho, quinta, às 19h30
A Missão do Gerente de Recursos Humanos 15 de junho, quinta, às 19h30
Delicada Relação 22 de junho, quinta, 19h30

Sinopses

A Banda | Bikur Ha-Tizmoret

Israel/EUA/França, 2007, exibição digital, colorido, legendado em português

Classificação indicativa: Livre para todos os pblicos

Gênero: Comédia

Duração: 87 min.

A Banda Cerimonial da Polícia de Alexandria, chefiada pelo exigente e recatado Tawfiq, viaja do Egito para Israel, para tocar na inauguração de um centro cultural árabe. Após um mal entendido no aeroporto, tomam o ônibus errado e se veem obrigados a passar a noite, sem dinheiro, numa comunidade isolada. Dina, falante e desinibida, é a dona do restaurante local e lidera a iniciativa de abrigar os visitantes inesperados – e é aí que o choque entre as culturas começa.

Vencedor do Prêmio da Juventude no Festival de Cannes

Ficha-técnica: Direção: Eran Kolirin | Elenco: Sasson Gabai, Ronit Elkabetz, Saleh Bakri

As Aparências Enganam | Lemarit Ain

Israel, 2006, exibição digital, colorido, legendado em português

Classificação indicativa: 14 anos

Gênero: Suspense

Duração: 86 min.

Yara é uma jovem cega que deixou a família em Israel para perseguir carreira científica em uma conceituada universidade americana. Quando fica sabendo que sua prima Talia se matou, corre de volta para casa – as duas eram grandes amigas. Porém, ao hospedar-se com seus tios para o Shivá – o período de sete dias de luto – Yara começa a desvendar segredos de sua prima, embarcando numa investigação sobre as reais razões de seu suicídio. Mentiras e segredos revelados abalam a família.

Vencedor do prêmio de melhor filme no Festival de Cinema Asiático de Vesoul

Ficha-técnica: Direção: Daniel Syrkin | Elenco: Tali Sharon, Assi Dayan, Sandra Sade

A Enchente | Mabul

Israel, 2010, exibição digital, colorido, legendado em português

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Drama

Duração: 100 min.

O Bar Mitzvah (cerimônia que marca a maturidade religiosa no judaísmo, que inicia a passagem de um garoto à vida adulta, aos 13 anos) de Yoni está chegando, mas seus pais mal se falam e não parecem ser capazes de dar a atenção que esse evento pede. Na escola, os outros alunos – todos muito maiores e com vozes mais graves que ele – o tratam na base de ameaças e intimidação. O desafio maior vem quando a instituição onde seu irmão mais velho está internado para tratar de um autismo debilitante fecha as portas e o manda de volta para casa. É nessa situação limite que Yoni deverá provar sua determinação.

Vencedor do Urso de Cristal do Festival de Berlim

Ficha-técnica: Direção: Guy Nattiv | Elenco: Yoav Rotman, Michael Moshonov, Ronit Elkabetz

Aviva, Meu Amor |Aviva Ahuvati

Israel, 2006, exibição digital, colorido, legendado em português

Classificação indicativa: Livre para todos os pblicos

Gênero: Comédia

Duração: 107 min.

Outras pessoas poderiam entrar em desespero se, como Aviva, tivessem que lidar com três filhos apáticos, um marido desempregado, uma irmã cheia de ambições irrealizáveis e uma mãe que perde a sanidade a cada dia. Ela faz diferente – resolve transformar seus conflitos em histórias onde a personagem tem que costurar belos vestidos enquanto sua cabeça se transforma em uma melancia. Um famoso escritor ajuda Aviva a reescrever seus contos em busca de chances de publicar, mas as estratégias de seu tutor começam a fazê-la questionar cada vez mais seus próprios sonhos.

Prêmio de melhor atriz no Festival de Jerusalém para Assi Levy

Ficha-técnica: Direção: Shemi Zarhin | Elenco: Assi Levy, Rotem Abuhab, Levana Finkelstein

Dias Congelados | Yamim Kfuim

Israel, 2005, exibição digital, em preto e branco e colorido, legendado em português

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Suspense

Duração: 90 min.

Uma jovem solitária se esgueira pelas noites e clubes de Tel Aviv, nunca revelando seu próprio nome. Após sobreviver a um atentado a bomba, ela ocupa o apartamento de outra vítima, que está hospitalizada em coma, e passa a viver a vida desta pessoa. Aos poucos, sua percepção da realidade começa a desabar: quem está naquela cama de hospital e quem é ela mesma de verdade?

Vencedor do prêmio de melhor filme israelense no Festival de Haifa

Ficha-técnica: Direção: Danny Lerner | Elenco: Anat Klausner, Sandra Sade, Uli Sternberg

As Medusas | Meduzot

Israel/França, 2007, exibição digital, colorido, legendado em português

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Drama

Duração: 78 min.

O filme acompanha três mulheres em Tel Aviv, cujas histórias se cruzam de forma a compor um retrato inusitado da vida moderna em Israel. Batya, uma garçonete em festas de casamentos, se depara com uma criança muda que aparentemente surge do mar. Keren quebra a perna saindo do banheiro, trancado por acidente, em seu próprio casamento, arruinando a lua de mel dos seus sonhos. Joy, uma doméstica filipina, precisa se comunicar com seus empregadores mesmo sem falar a língua local. Imagens poéticas desenham as conexões entre as vidas dessas mulheres, que encontram consolo no mar.

Vencedor do prêmio Camera d’Or no Festival de Cannes

Ficha-técnica: Direção: Shira Geffen e Etgar Keret | Elenco: Sarah Adler, Nikol Leidman, Gera Sandler

 

A Missão do Gerente de Recursos Humanos | Shlichuto Shel Hamemune Al Mashabei Enosh

Israel/Alemanha/França/Romênia, 2010 exibição digital, colorido, legendado em português

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Comédia

Duração: 103 min.

O gerente de RH da maior empresa panificadora de Jerusalém está com problemas. Ele se separou da mulher, não vê a filha e está preso a um trabalho que odeia. Quando uma de suas funcionárias morre num atentado terrorista, ele é chamado de insensível e desumano. O gerente então embarca numa missão para honrar uma mulher que nem conhecia, mas que começa a cativá-lo. Na jornada, acaba encontrando sua própria sensibilidade e descobrindo a habilidade de realmente se importar com os recursos humanos.

Vencedor do prêmio do público no Festival Internacional de Locarno

Ficha-técnica: Direção: Eran Riklis | Elenco: Mark Ivanir, Guri Alfi, Noah Silver, Rosina Kambus

 

Delicada Relação | Yossi & Jagger

Israel, 2002, exibição digital, colorido, legendado em português

Classificação indicativa: 14 anos

Gênero: Drama

Duração: 65 min.

Yossi é o comandante em um posto avançado do exército israelense. Ele e o seu subordinado, Lior – a quem os soldados apelidam de Jagger – estão apaixonados. No entanto, a ambição de Yossi em seguir a carreira militar impede que vivam seu romance abertamente. O que Jagger precisará fazer para que Yossi se declare para ele?

Prêmio de melhor ator no Festival de Tribeca para Ohad Knoller

Ficha-técnica: Direção: Eytan Fox | Elenco: Ohad Knoller, Yehuda Levi, Assi Cohen

 

Cine SESI-SP no Mundo

Criado em 2013, o Cine SESI-SP no Mundo tem como objetivo a formação de plateia para cinematografia de diversos países. O projeto, realizado em parcerias com embaixadas, consulados e organizações culturais internacionais, democratiza o acesso à produção audiovisual de reconhecimento da crítica, nem sempre presente nos circuitos comerciais.

Os dramas, comédias, documentários, entre outros gêneros, integram as mostras, que têm a diversidade curatorial como destaque. A seleção dos filmes vai desde os títulos clássicos até os contemporâneos e contemplam diferentes públicos.

Com a crença de que a arte e a cultura são agentes de transformação e desenvolvimento social, a pluralidade cultural apresentada pelo Cine SESI-SP no Mundo estimula a reflexão sobre a realidade e o mundo em que vivemos, a cada nova edição em que um país é retratado.

 

SERVIÇO

Mostra Cine SESI-SP no Mundo: A Vida em Israel

SESI Osasco | Rua Calixto Barbieri, 280, esquina com Avenida Getúlio Vargas |  Piratininga | Osasco | 3602-6200 ramal 7 | Entrada gratuita – Os ingressos podem ser reservados pela internet na página http://www.sesisp.org.br/meu-sesi.  As reservas são liberadas para as apresentações que acontecem na mesma semana a partir de segunda, às 12h, até quarta, às 17h |https://osasco.sesisp.org.br/