Cena Comentada | Agrárias.

Eliabe Vicente

O texto ‘Agrárias’ tem a assinatura de Murilo Marques que junto com Giancarlo Mastronardi e Bri Fiocca completam o elenco, sob a direção de Artur Hiroyuki.

O Espetáculo é intimista, flexível, se adapta ao espaço e as condições técnicas do local e proporciona uma reflexão ética sobre a medida dos valores comercias e das relações humanas.

O enredo trata do encontro entre dois agentes imobiliários (Giancarlo Mastronardi e Murilo Marques) e uma velha senhora (Bri Fiocca) para tratar da venda do imóvel, visto que todo o quadrante ao redor da casa dela já está desapropriado.

O cenário proposto, muito provável que pensando na praticidade, é composto por uma mesa com base feita de ferros de construção e a tampa, um portão velho também de ferro, três cadeiras de madeira antiga e um tapete.

É nesse ambiente que o conflito entre os personagens dão asas para a imaginação, reflexão e trocas de sensações. A peça permite uma refletir de um lado sobre o desenvolvimento pensado a qualquer custo, a qualquer valor sem levar em consideração o lado humano, as memórias afetivas e por que não dizer arquitetônica de um determinado lugar ou espaço. Do outro lado a visão desenvolvimentista, futurista visando somente o lucro.

Sutil, mas intencional, a montagem apresenta ainda um paralelo que provoca as divisões e segmentação de pessoas e classes sociais, utilizando-se do simbolismo de que como são classificadas as partes da carne do boi, dando nomes e nobrezas aos pedaços, referindo-se também no que é aplicado quando se diz respeito às terras e sua localização.

A interpretação marca o entrosamento e parceria de Gian e Murilo no palco, quase que no mesmo grau de intensidade, diferenciada apenas pela característica individual de cada um, com explosões mais intensas do primeiro e picos de emoções controladas pelo segundo.

A proposta evidencia outro plano para a atriz Bri Fiocca, que apesar de interagir com os outros dois em cena, parece hora está no real, hora no plano fantástico e em alguns momentos, provoca uma reflexão na plateia com repetidas falas “Isto não é uma cena”. Essa nuance dá um bom caldo ao espetáculo.

A direção aproveita o potencial de cada ator e merece apenas uma minúscula observação técnica: Atentar-se para os fios que saem da mesa e ficam expostos no palco. Isso pode em algum momento provocar uma queda ou um acidente de trabalho.

‘Agrarias’ é recomendado para todos os públicos de todas as classes sociais, mas seria interessante pensar em uma sessão particular somente para os donos de incorporadoras, construtoras e empreiteiras. Impagável seria ver as reações, expressões, contra-argumentos e identificação com os personagens.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s