Genivaldo de José – Personalidade Culturaoz

Personalidade Culturaoz

Por Eliabe Vicente

Genivaldo de José, 49, Instrutor de Artes cênicas, Ator e Historiador. Trabalha com artes desde 1978. Sua história começou na sua cidade natal, em Arco Verde – Pernambuco.

“ Saudade é aquilo que fica daquilo que não ficou”  (Um Pais Chamado Nordeste – Primeiro texto escrito por Genivaldo de José)

Em 1984, quando chegou a Osasco, iniciou seu trabalho com teatro na cidade na igreja do Espírito Santo, no Jardim das flores, no Grupo Crisma.

Gê, como é carinhosamente chamado, participou de outros grupos de teatro em Osasco, entre eles o Teretete e Sururu com Areia, Projeto Sebastian de Artes Cênicas, Projeto Eremim. Trabalhou com diversos diretores com destaque para Nivaldo Santana. Premiado em vários festivais de teatro no estado de São Paulo, Genivaldo coleciona prêmios em festivais. Prêmios de ator, diretor, cenografia, figurino, sonoplastia, iluminação e dramaturgia, fazem parte do seu acervo de troféus. Foram mais de 14 espetáculos escritos e encenados.

“Acho que sou muito detalhista e curioso, sempre quero me aventurar no mundo do palco”

Culturaoz: Se não fosse artista, o que seria?

Genivaldo de José: Se eu não fosse artista, seria Historiador. Um orgulho ter feito história na UNIFIEO. Tenho saudades dos meus Mestres.

Culturaoz: Um trabalho marcante:

Genivaldo de José: Foram vários. Uma emoção grande foi fazer “Pedro e o Lobo”, no Núcleo Sebastian.

 Culturaoz: Defina a arte para você:

Genivaldo de José:  O teatro é minha religião, minha respiração!

Culturaoz: O que você está fazendo no momento?

Genivaldo de José:  Auto de natal, com o “Grupo de cultura popular Lira dos Autos”, nas praças de Osasco

Culturaoz: Onde tudo começou? De onde surgiu a ideia?

Genivaldo de José:  Nos trabalhos realizados na escola de arte, desde o ano 2000.

Culturaoz: O que mais te dá prazer?

Genivaldo de José: Ver o trabalho pronto, visto pelo publico. É legal ver a surpresa deles (do público) quando eles estão assistindo ao espetáculo.

Culturaoz: O que te motiva?

Genivaldo de José:  A paixão pelo palco. Desde que por ele entrei, sinto essa paixão. Agradeço a meu mestre, Nino Honorato Betezini, fundador do teatro de comédia de Teresópolis no Rio de Janeiro. Tenho orgulho de no começo de minha carreira ter encontrado esse grande mestre.

Um elogio: Aos atores do Lira dos Autos, pelo trabalho!

Uma Critica: Atores: Tem que saber pisar no palco!

Uma saudade: Arcoverde, sempre!

 “Tenho feito muito para levar o melhor do meu trabalho a onde posso levar e a onde posso ter novas experiências no teatro. Eu acredito nessa grande troca do ator com o publico e principalmente no teatro de rua, onde aprendi muito nesses 11 anos do Grupo Lira dos Autos. Foi no Lira onde pude ter um grande prazer em escrever “O auto da Paixão”, dirigir o espetáculo, compor as músicas e realizar apresentações dentro e fora da Escola de Artes. Por aí eu vou, caminhando e levando o teatro com informação e alegria para quem quiser e puder ver!” – Genivaldo de José

Anúncios

2 thoughts on “Genivaldo de José – Personalidade Culturaoz

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s