DIÁRIO FENAPO 2010

O Segundo dia do FENAPO – 16/10/10

Quantas surpresas ainda reserva o FENAPO 2010. Você em Cena!…?

Sábado à noite tudo pode acontecer… e teve poesia declamada “concorrendo”, do declamador Vagner. E o Vagner, escreve por sinal, muito bem! Ele faz Letras na USP. Sua declamação despertou muitas sensações, como também chamou muita a atenção, a declamação da Maria Helena FOGO!

O Vagner declamou de sua autoria o poema “Daqueles mais simples (V) ou Gaia”, de sua própria autoria, enquanto a Maria Helena FOGO! de Cora Coralina a poesia “O Cântico da Terra”. Foi assim o inicio da noite do sábado, dia 16 de outubro de 2010.

A participação do público foi de alto nível também! Houve várias declamações espontâneas. Teve poesia lida, declamada de cor e improvisada na hora. Fizeram essa proeza os declamadores, Marcelo, Moa Cerqueira e a poeta Cibele. Foi muito bacana, na platéia havia vários talentos escondidos… e que foram revelado!

Para encerrar a noite, foi apresentado pelo Grupo Cia de Investigação Teatral Minha Nossa (é isso mesmo, o nome do grupo!) a poesia “Lavadeira” com belas imagens boas atrizes e bom figurino!

Sábado, 16 foi apenas o segundo dia e o FENAPO já se mostra revelador de grande surpresas. O que podemos esperar das próximas noites?

FENAPO 2010. Você em Cena!

Grande Abraço,

Eliabe Vicente

Coordenador FENAPO

Anúncios

2 thoughts on “DIÁRIO FENAPO 2010

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s